No momento em que descobrimos o Luz Houses ficámos logo apaixonados e como ainda não conhecíamos bem Fátima não hesitámos em seguir viagem e juntar o útil ao agradável. Fomos muito bem recebidos por toda a equipa do Luz que fez questão de nos dar a conhecer a herdade e a sua história.

Quando chegámos ao quarto tínhamos uma carta personalizada de boas-vindas e uns doces caseiros absolutamente incríveis, melhor recepção era impossível. Não somos pessoas de ficar muito tempo paradas e por isso deixámos as malas e arrancámos à descoberta! Ao cair da noite toda a herdade se ilumina, parecia que tínhamos recuado uns meses atrás e estávamos no Natal. A seguir ao jantar decidimos ir beber um copo ao chamado “honest bar”, uma sala da herdade com uma lareira muito acolhedora e onde, com as bebidas à sua disposição, cada hóspede regista aquilo que consome. Todo o espaço foi muito bem decorado, todos os detalhes nos conquistaram e a aura romântica de toda a herdade não nos podia ter deixado mais satisfeitos.

O pequeno almoço acabadinho de fazer para além de apetitoso era muito diversificado! Antes da despedida não pudemos deixar de cumprir o ritual do hotel e pendurámos na “árvore da verdade” a nossa opinião sobre o espaço. Não podíamos ter saído mais tristes, aquele portão tão característico que antes se abrira para nos mostrar aquele espaço surpreendente desta vez víamo-lo a fechar-se pelo retrovisor.